Dicas de uma Headhunter

Claudia Petrus – Diretora People TI Consultoria em Gestão de Pessoas

Trabalho com Recrutamento e seleção, especialmente para TI, há mais de 10 anos. Nestes anos todos vivenciei muitas situações. Apesar de ser tema batido, “como se portar em processos seletivos”, continuo a ver atitudes que levam candidatos, potencialmente talentosos, a perder boas oportunidades.

Em tempos de crise e desemprego em alta, não custa nada estar atento…..

Dicas para candidatos

Passo 1: Planejamento

  1. Dedique-se a construir uma carreira onde líderes e pares tenham uma imagem positiva a seu respeito – seu passado te condena ou te salva.
  2. Identifique grandes áreas de interesse – mkt, financeiro, comercial, atendimento, etc. Fazer o que gosta colocará brilho no seu olhar. Bons recrutadores e empresas legais sabem identificar isto.
  3. Mapeie empresas de interesse e profissionais que trabalham nelas – acompanhe estas empresas e profissionais.
  4. Dedique tempo à procura de oportunidades de forma organizada – procurar trabalho dá trabalho.
  5. Elabore um currículo que descreva bem suas experiências, evidencie suas principais qualidades – lembre-se da importância da primeira impressão.
  6. Mantenha sempre com você uma lista de todos os locais onde cadastrou ou para onde enviou seu currículo– isto vai mostrar ao recrutador/headhunter que você é organizado e que está gerenciamento bem a busca por uma nova oportunidade.
  7. Construa uma rede de relacionamentos rica e faça a nutrição desta rede – professores, clientes, fornecedores, familiares, amigos, pais de amigos, comunidades, são grandes as possibilidades – fazer isto dá trabalho e exige disciplina.
  8. Seja (ou esforce-se para tornar-se) uma pessoa interessante! Cultive diferentes interesses: esportes, gastronomia, decoração, viagens, artes, ……., leia muito. É bem fácil lembrar de candidatos assim, mesmo muito tempo depois da entrevista.

Passo 2: Aproximando-se do mercado

  1. Esteja preparado para receber contato de um recrutador / headhunter – anote seu nome, a empresa que ele representa e a data do contato.
  2. Tente se ajustar à agenda de entrevista proposta, mas se não for possível negocie – demonstre interesse e vontade sincera em participar do processo seletivo.
  3. Caso a oportunidade oferecida não esteja alinhada aos seus objetivos, deixe isto claro, mas mesmo assim diga que você gostaria de participar da entrevista para que o recrutador/headhunter possa conhecer você.
  4. Ajude profissionais da sua rede de relacionamentos a encontrarem novas oportunidades. Caso a oportunidade oferecida não lhe interesse, coloque-se a disposição para ajudar o recrutador/headhunter a achar alguém com o perfil– simplesmente adoramos receber boas indicações!
  5. Se você não estiver acessível pelo celular disponibilize números de telefones fixos – prepare as pessoas que atenderão as ligações. Você ficaria surpreso com que eu já ouvi de esposas/esposos, pais/mães, filhos/filhas ….. se precisar faça um treinamento com eles!
  6. Mobilize a sua rede de relacionamento na busca por uma nova oportunidade profissional. É alto o percentual de contratações que acontecem por indicações.
  7. Deixe preparada uma roupa adequada – você não pode garantir que uma entrevista de última hora não vai acontecer. O “adequado” vai depender do tipo de cargo que você busca.

Passo 3: A entrevista

  1. Você pode não saber, mas a entrevista começa no contato telefônico de agendamento. Prepare-se para este momento.
  2. É comum você receber também e-mail formalizando o convite e especificando data, hora, endereço. Leia este e-mail atentamente e até o final. É comum ter ali alguma informação adicional.
  3. Não ocupe o entrevistador pedindo detalhes da localização. Em tempos de Google Maps chegar aos lugares é bem mais fácil.
  4. Tenha em mãos nome e telefone do entrevistador/headhunter. Comunique imediatamente qualquer impossibilidade de comparecer ou atrasos – justifique.
  5. Desde a sua chegada ao local da entrevista você estará sendo avaliado. Seja cortês com recepcionistas e demais profissionais que circularem à sua volta.
  6. Se a entrevista for em grupo é possível que você compartilhe a espera com outros candidatos do mesmo processo seletivo. Seja gentil e tente promover uma conversa amistosa.
  7. Esteja atento ao que o entrevistador fala e como ele se comporta. Espere a sua vez de falar e de respostas completas.
  8. Esteja preparado para participar de entrevistas por competências. Este tipo de entrevista tenta identificar o perfil do candidato através de comportamentos/atitudes do passado. Por exemplo: “Conte uma situação descrevendo a sua atuação no gerenciamento de uma situação de conflito na equipe”. Para este tipo de pergunta você precisa responder usando CAR – Contexto – Ação- Resultado. Contexto: descreva a situação, o que estava acontecendo. Em seguida comente as ações que você desenvolveu. Por último fale sobre os resultados alcançados.
  9. Se a entrevista for em grupo, procure interagir com os demais candidatos. Embora sejam concorrentes não os trate como inimigos.
  10. Se houver mais de um entrevistador dirija a palavra a todos de forma equilibrada. Você pode não saber quem é o decisor, além de mostrar educação.

Bem, estas são algumas recomendações. Espero que possam ajudar você na busca de uma recolocação.

Dedicamo-nos com empenho a gerar conteúdos alinhados com os nossos propósitos – Apoiar o desenvolvimento de empresas e profissionais.

 

« »

One thought on “Dicas de uma Headhunter

Deixe uma resposta

People TI - Soluções em Gestão de Pessoas e Carreiras | Projeto desenvolvido por Via de Negócios