fbpx

A Hora de Demitir – planejamento e respeito

Para muitos gestores fazer a demissão de um membro da equipe é uma tarefa muito difícil, especialmente no contexto atual de pandemia que estamos vivendo. Tira o sono, gera ansiedade, é um sofrimento mesmo. Mas este é mais um papel, dentre tantos outros, que estão sob a responsabilidade de quem exerce a liderança.

Tal como outras atividades, realizar a demissão de um colaborador exige planejamento.

Elenque todas as razões que motivaram esta tomada de decisão. É possível que você escolha uma ou duas destas razões para ter como foco na hora de comunicar a demissão. Escolha um local adequado. Reserve uma sala para a conversa – seja ela física ou virtual – onde você consiga garantir um mínimo de privacidade e tempo razoável. Caso não se sinta seguro em conduzir a conversa sozinho, peça a ajuda de um profissional de Recursos Humanos ou Desenvolvimento Humano Organizacional. Alinhe com esta pessoa os argumentos a serem usados, o papel de cada um, a melhor forma de condução, etc. 

Analise o histórico do profissional a ser demitido: tempo de casa, nível de contribuição, resultados de avaliação de desempenho, situação familiar, dentre outros aspectos a serem considerados. Também leve em conta o estilo comportamental / reação em situações de pressão / estresse, etc.

Muitas vezes o processo todo de demissão envolve outros profissionais e setores, dentro e fora da empresa. O pessoal da área de departamento pessoal, equipe de TI (quando acessos e contas de e-mail, por exemplo precisarem ser bloqueados), equipe da saúde ocupacional, contabilidade, dentre outros. Decida quem precisa ser avisado com antecedência e quem precisa saber disso depois do fato consumado. Tenha em mãos os documentos necessários, que precisam ser assinados pela empresa e pelo colaborador. Informações sobre quando as verbas rescisórias vão ser pagas, necessidade de ir até o sindicato, entrega de bens da empresa em posse do colaborador demitido, são alguns exemplos de informações que precisam estar disponíveis e fazem parte do conteúdo embarcado na comunicação de demissão. 

NÃO FIQUE DE RODEIOS!

Seja direto e assertivo.

Comunique que ele está sendo demitido, em função do motivo X, Y. Explique os trâmites burocráticos que precisam ser realizados. Assinatura de documentos, entrega da carteira de trabalho, exame médico demissional (se houver necessidade), data para pagamento das verbas rescisórias, documentos para acesso ao seguro desemprego, dentre outras coisas. 

Escute atentamente e sem julgamento. É importante levar em conta que a comunicação da demissão pode ser, para ele, um choque grande, principalmente em tempo de pandemia e possível recessão econômica como estamos vivendo agora. Demonstre empatia, mas evite o “imagino como você deve estar se sentindo”, pois talvez você não possa imaginar! 

DÊ ESPAÇO PARA O PROFISSIONAL QUE ESTA SENDO DEMITIDO FALAR.

Ofereça uma saída honrosa, agradeça a contribuição dada, principalmente se for um colaborador que tenha pontos de contribuições de destaque no seu histórico na empresa. 

Caso sinta-se confortável, e julgue que há merecimento, ofereça uma carta de recomendação e dedique-se a escrever uma personalizada e de conteúdo relevante. Neste caso, você pode disponibilizar também, seu número de telefone celular para que potenciais empregadores façam contato para a busca de referências.

Algumas empresas mais estruturada tem políticas e práticas definidas de apoio à recolocação profissional. Estas políticas e práticas envolvem, desde apoio à elaboração de currículos, até a contratação de empresas especializadas em serviços de outplacement. Investigue se é possível oferecer algo deste tipo, mesmo quando não há uma política definida. 

Após a conversa com o profissional, comunique imediatamente aos demais membros da equipe. Cuidado com o conteúdo da sua fala para não gerar constrangimentos. Fale da decisão da empresa e do como os processos de trabalho deverão ser organizados. Mostre preocupação com o grupo, ofereça ajuda, sinalize as alternativas para que o bom padrão de trabalho seja mantido. 

Importante lembrar que em um processo de demissão toda a equipe é de alguma forma afetada. A liderança está o tempo todo sendo observada. Se a liderança adota uma postura segura, respeitosa e coerente, isto vai impactar positivamente na equipe, mesmo sendo o momento e conteúdo difíceis. 

Tem alguma dúvida ou contribuição que podemos incluir em novos textos sobre este tema? Deixe sua sugestão nos comentários! E aproveite para nos contar sobre suas experiências, estamos aqui para dividir nossas experiências com VOCÊ. 

« »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

People TI - Soluções em Gestão de Pessoas e Carreiras | Projeto desenvolvido por Via de Negócios