fbpx

Atrair ou ser Atraente?

Como fazer para ter os melhores profissionais fazendo fila para atuar em sua empresa

Não é segredo para ninguém que empresas de sucesso são constituídas por sistemas de gestão eficientes, e que são essencialmente formadas por profissionais especialistas e fundamentalmente qualificados em suas áreas de atuação, que gerenciam setores com eficiência e que, na maioria dos casos, são tão ou até melhor qualificados que o CEO ou presidente da empresa.

Sim meu caro, há muito tempo descobriu-se que saber de tudo um pouco é não ser especialista em nada e, pior, quem acha que sabe de tudo, geralmente não sabe de nada. Por isso, gestores eficientes contratam profissionais especializados e melhores do que eles mesmos para gerir as áreas de sua empresa, afinal, ter ego no mundo dos negócios gera capa de revista e não resultados substanciais.

Enfim, se uma empresa para ter sucesso precisa estar cercada dos melhores profissionais, como fazer para tê-los. Para muitas empresas a resposta é simples e objetiva: ofereça um salário maior do que ele ganha ou ganhava e ele virá correndo. Sim, essa é a primeira coisa que empresas com visão limitada pensam…e profissionais limitados também. A lógica é simples, profissionais que se deslumbram com salário apenas são aqueles que não tem certeza de que podem construir algo a médio, longo prazo e não estão tão preocupados assim com suas carreiras, querendo apenas garantir ganhos enquanto a maré está favorável. São os chamados “profissionais gafanhotos”, que vão ficar nas empresas por dois ou três anos e logo ficarão desmotivados e buscaram uma nova fonte.

Então, se não é salário, o que é?

Bom, separemos os homens dos meninos. Profissionais eficientes e diferenciados em sua qualificação e valor para o mercado consideram bem mais do que um salário atraente. Para este tipo de profissional, trabalhar com algo em que se sinta plenamente motivado, flexibilidade de horário de trabalho, liberdade de atuação, clima, entre outros, são condições fundamentais. E um dos requisitos mais importantes e alvo de um questionamento maior por parte destes profissionais é: a imagem desta empresa no mercado, pode colaborar ou prejudicar a minha própria imagem? Seu posicionamento é coerente com o meu?

Ai está a diferença chave entre Atrair ou ser Atraente.

Para atrair você não precisa ser atraente. Explico: para atrair um profissional, você pode fazer um anúncio, divulgar estrategicamente uma vaga, abusar de argumentos convincentes na mensagem para que as pessoas percebam como é a sua empresa. Agora se você é atraente, suas atitudes diferenciadas no mercado e perante seus colaboradores mostrarão por si só seu posicionamento e sua imagem, e sabe o que é melhor, os profissionais não precisarão ser convencidos, eles já saberão disso antes mesmo de você ir até eles.

Podemos aqui tentar entrar no conceito do employer branding, que é a imagem que empresa transmite aos seus colaboradores e o que representa para o mercado de profissionais, em termos simples, a reputação de sua empresa como empregadora, por todos os quesitos que envolvem, como clima, condições de trabalho, estrutura, política de salário e benefícios, posicionamento, etc. Mas não entraremos neste mérito pois este é um conceito que vai além.

Agora me respondam, o que é mais eficiente: atrair ou ser atraente?

Sem dúvida alguma eu afirmo, confirmo e reafirmo que ser atraente é a chave do sucesso para se ter profissionais competentes, engajados e comprometidos atuando em sua empresa. Isso pelo simples fato de que eles já conhecem sua reputação e se estão disputando uma vaga é por que, na maioria das vezes, existe o desejo em atuar em sua empresa, ou seja, o risco de perdê-lo em curto prazo, por ele não se adaptar a cultura e ao posicionamento da empresa, é baixíssimo, pois existe sinergia.

Eu digo que empresas atraentes são como joias e empresas que buscam atrair são como bijuterias. De olhar uma joia você sente desejo em tê-la, pelo status, pela qualidade, pela exclusividade e não precisa que te digam isso, você sabe. Agora uma bijuteria você até enxerga seu valor, mas você só saberá da qualidade e o que ela pode agregar para o seu visual se utilizá-la, correndo o risco de não ter uma experiência agradável.

Mas, chegar no nível de se tornar uma empresa atraente é uma tarefa simples?

Não, mas esse é assunto trataremos em outro momento.

Fonte: http://www.administradores.com.br/
Artigo de João Slaviski, publicado em 27 de janeiro de 2017

« »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

People TI - Soluções em Gestão de Pessoas e Carreiras | Projeto desenvolvido por Via de Negócios