Mais assertividade em tempos de incertezas

Momentos de incerteza trazem angústia, insegurança nas decisões e nos torna muito mais vulneráveis.

É preciso ter coragem para enfrentar as dificuldades e ser muito resiliente para permanecer com determinação no caminho dos objetivos.

Não podemos nos perder tentando controlar o incontrolável, precisamos aprender a nos autogerenciar para ter autocontrole das nossas emoções e comportamentos, ou seja, ter inteligência emocional.

Quando temos um bom nível de autoconhecimento, conseguimos definir nossa rota (onde e como vamos chegar) com nossos objetivos, habilidades e competências. Sabemos quais são os nossos combustíveis (nossas motivações) e se é possível usar um atalho (explorando nossas potencialidades).

Nesse trajeto podemos escolher entre aquele mais bonito, ensolarado com a clareza de nossas escolhas, ou aquele nebuloso e sombrio, cheio de incertezas, aflições e muita ansiedade.

VOCÊ NÃO SABE PARA ONDE IR?

A maioria das pessoas sabe o que não está bom, mas tem dificuldade em enxergar o que realmente quer e como chegar lá.

Nós somos suscetíveis a usar caminhos baseados no sucesso de outras pessoas e internalizamos padrões de comportamento sem perceber que cada ser humano tem suas próprias motivações, vivências, verdades e valores, o que acaba nos confundindo em relação às nossas paixões, necessidades de habilidades de desenvolvimento e escolhas-chave.

Para identificar o seu objetivo, comece analisando seus pontos fortes. Eles serão sua base para o seu autocontrole. Sua condução será muito mais estável com eles e você conseguirá se direcionar no sentido do seu propósito. Dessa forma, seu caminho será mais fluido.

Peça feedback e reflita sobre o que os outros dizem que você faz bem, sobre os momentos em que você se sentia no auge de sua felicidade, plenitude e produtividade. Se desenvolva para aprimorar esses pontos fortes.

Reflita também sobre seus valores e motivações. Ande sempre com eles e, nunca os abandone no percurso da vida. Quando não estamos em sintonia com a nossa essência perdemos o controle, pode faltar combustível ou podemos nos direcionar para o sentido oposto ao qual nos identificamos e priorizamos.

Seja responsável pelos seus relacionamentos.

Lembre-se que você não está sozinho no seu caminho. Aceite que outras pessoas são tão únicas quanto você e são seres humanos com seus estilos de comportamento individuais. Veja os pontos fortes sem julgamentos e valorize quem está ao seu lado.

Pessoas motivadas dão outro gás e reforçam o combustível. A harmonia nas relações transforma o cenário, nunca esqueça disso!

Trace sua rota levando em conta seus pontos fortes e fracos, seus valores, suas relações, motivações e potencialidades.

Com tantas incertezas, você ao menos precisa ter a certeza de quem você é para ser mais assertivo nas suas escolhas e assim alcançar uma vida mais leve e com mais sentido.

Não esqueça: se não está bom fora, comece a melhorar dentro.

Texto de Gracieli Pólvora Ramos

Especialista em gestão de pessoas e gestão pública, com experiência de 12 anos em 3 órgãos/empresas públicas.
Com o propósito de contribuir para uma sociedade mais humana, engajada e produtiva, analiso perfis comportamentais e motivadores pessoais para o melhor aproveitamento das potencialidades e convergência do propósito pessoal e profissional
.

« »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

People TI - Soluções em Gestão de Pessoas e Carreiras | Projeto desenvolvido por Via de Negócios