A sua empresa está pronta para o futuro do trabalho?

Você consegue imaginar como vai ser o futuro do trabalho? Todos os dias, o mercado de trabalho passa por processos de transformação. Além disso, com a pandemia da COVID-19 houve uma aceleração das tendências que estavam por vir.

A forma de se trabalhar está sendo bem diferente do que as gerações anteriores estavam acostumadas. Sem contar que, a expectativa é que os empregos do futuro sejam movidos por tecnologias e com sua fundamentação em dados. Consequentemente, as habilidades humanas serão exigidas em áreas como resolução de disfunções, comunicação, escuta e interpretação.

Quer entender melhor sobre o futuro do trabalho? Continue lendo esse artigo.

Tendências do mercado do futuro do trabalho

Teletrabalho e o Trabalho Híbrido

Apesar da resistência por parte das empresas de deixar os seus funcionários também trabalharem fora do escritório, você sabia que de acordo com uma pesquisa realizada pela LiveCareer, 30% dos funcionários do mundo preferem pedir demissão do que ter que voltar ao modelo de trabalho tradicional? Sim, isso mostra que os modelos de trabalho mais flexibilizados vieram para ficar.

Além de ser mais barato para as empresas, já que não há o investimento e manutenção em estrutura, o Teletrabalho possui duas características que chamam a atenção dos melhores talentos disponíveis no mercado: flexibilidade de horários e de ambientes.

E outra opção que vem ganhando cada vez mais espaço é o Trabalho Híbrido. Nessa modalidade é possível definir escalas de profissionais atuando de maneira presencial, porém sem exigir que estejam presentes na companhia todos os dias.

Com isso, conforme as pessoas vão se adaptando a esses novos estilos de trabalho, coletivamente, fica mais fácil encontrar o desejado ponto de equilíbrio.

Lifelong Learning

Basicamente, o conceito Lifelong Learning significa nunca parar de estudar. E o futuro do trabalho são as pessoas com sede de conhecimento, dispostas a aprender e acompanhar os movimentos da sociedade.

Ou seja: a busca da qualificação profissional contínua é questão de sobrevivência.

Com o modelo de EAD (Ensino a Distância), é possível que os profissionais adquiram competências teóricas e técnicas sem sair de casa. Com a possibilidade de fazer o próprio horário de estudos, a tendência é que se qualifiquem em menos tempo e possam investir em vários cursos ao mesmo tempo.

E ainda, as próprias empresas podem contar com esse recurso para treinar seus colaboradores e com um custo mais reduzido.

Autogestão

Com a crescente valorização de um trabalho com mais liberdade e uma estrutura corporativa menos hierarquizada e mais colaborativa, a capacidade de gerenciar a si mesmo vem se tornando uma das maiores tendências para o futuro do trabalho. Afinal, o que importa daqui para frente não é o funcionário mostrando trabalho de tal a tal hora do dia no escritório. Mas, o comprometimento com a entrega de resultados.

A autogestão favorece a produtividade, performance e o compromisso de cada um com o próprio trabalho. Consequentemente, o feedback será um processo dinâmico, natural e feito em tempo real.

Equilíbrio entre vida pessoal e profissional

A busca por esse equilíbrio entre profissional e pessoal não se refere apenas a locais e horários. Refere-se também à saúde física e mental.

De acordo com uma pesquisa conduzida pela Wrike sobre estresse em funcionários e profissionais, foi constatado que metade das pessoas entrevistadas admite procurar um novo trabalho quando consideram que o estresse é elevado.

É compreensível que com o crescimento da conscientização sobre o equilíbrio emocional no ambiente de trabalho, haverá um aumento da flexibilidade dos empregadores em relação aos funcionários e sua qualidade de vida. Essa atitude irá assegurar, ao mesmo tempo, uma satisfação de longo prazo com a empresa e que o trabalho seja cada vez mais produtivo. 

Fica claro, assim, como a conscientização sobre o equilíbrio emocional no ambiente de trabalho tem crescido até se tornar um grande fator no dia a dia.

Como preparar sua força de trabalho para o futuro?

Quais ações e processos você pode implementar agora para construir a força de trabalho do futuro?

A primeira etapa, e uma das mais essenciais, é analisar seus conjuntos de habilidades atuais e pensar sobre os recursos que você provavelmente precisará para permanecer flexível e ter sucesso no futuro. Se houver claras lacunas de talento, é possível planejar estratégias para abordá-las:

  • Estratégia de Recrutamento

Para atrair as pessoas que você procura, é preciso se concentrar nos conceitos e também no fortalecimento da sua marca empregadora. Além disso, vale a pena considerar os benefícios que você pode obter trabalhando com um parceiro de RH dedicado.

  • Estratégia de Qualificação e Requalificação

Há diversas vantagens em se investir tempo e recursos para encontrar uma abordagem que funcione para a empresa e seus funcionários. Isso significa que os profissionais que percebem que seu empregador está comprometido em ajudá-los a expandir seus conhecimentos e habilidades, e também em progredir suas carreiras, têm maior probabilidade de se tornarem mais engajadas e permanecerem em seus empregos.

Concentre-se nas áreas certas

Para otimizar o planejamento de sua força de trabalho e preparar os funcionários e sua empresa para o que o futuro pode trazer, é fundamental se concentrar nos conceitos certos. E você pode contar com a nossa equipe para isso.

«

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

People TI - Soluções em Gestão de Pessoas e Carreiras | Projeto desenvolvido por Via de Negócios